China apoia França e Alemanha na defesa do multilateralismo

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores comenta proposta da “Aliança para o Multilateralismo”, lançada pelos países europeus

A China manifestou o seu apoio ao multilateralismo após a França e a Alemanha proporem conjuntamente uma “Aliança para o Multilateralismo” durante uma sessão no Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU). Lu Kang, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China afirmou que “a China sempre apoiou e praticou firmemente o multilateralismo”, acrescentando que o país apoia os esforços da comunidade internacional, incluindo a França e a Alemanha, para a manutenção do multilateralismo.

O porta-voz afirmou que a China está pronta para trabalhar com todas as partes na preservação da ordem e regime internacionais com os propósitos e princípios da Carta da ONU, no regime multilateral de comércio baseado em regras, com a Organização Mundial do Comércio (OMC) em seu núcleo e o compromisso do multilateralismo. “Contra a tendência crescente à globalização econômica, multipolarização, e um constante desafio global, o mundo precisa do multilateralismo mais do que nunca”.

Lu ainda relembrou as declarações do presidente Xi Jinping fez em um fórum sobre governança global com a presença de líderes franceses, alemães e da União Europeia durante sua visita à Europa. No evento, Xi defendeu a necessidade de salvaguardar o multilateralismo, reforçar o diálogo e a cooperação internacionais, e de enfrentar conjuntamente o déficit de governança, confiança, paz e desenvolvimento para melhorar a governança global.

“A China está pronta para trabalhar com todas as partes na facilitação de um novo tipo de relações internacionais com respeito mútuo, igualdade, justiça e cooperação de benefício mútuo, para construir em conjunto uma comunidade de futuro compartilhado para a humanidade”, acrescentou o porta-voz.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.