China aplica multa de mais de US$ 5 milhões a empresas de tutoria após denúncias

15 instituições receberam penas por violações como anúncios enganosos e fraudes de preços

O mais alto órgão de supervisão do mercado da China impôs uma multa máxima de US$ 5,74 milhões a 15 empresas de tutoria em meio ao aumento de denúncias públicas.

As instituições, incluindo o New Oriental Education & Technology Group e a Wall Street English, receberam penas por violações como anúncios enganosos e fraudes de preços, revelou a Administração Estatal de Regulação de Mercado na terça-feira.

Yuan Xilu, funcionário da entidade, observou que as práticas ilícitas prejudicaram os direitos e interesses legítimos dos alunos e a concorrência ordenada no mercado. As empresas foram ordenadas a retificarem seus problemas e a reincidência significará a suspensão de negócios ou a revogação da licença, segundo ele.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.