China ameaça colocar tarifas de 5% a 25% sobre US$ 60 bi em bens dos EUA

A medida seria uma forma de se defender das ameaças que estão sendo feitas pelo governo de Donald Trump

Após ameaças feitas pelo governo Trump de aumentar as tarifas dos produtos chineses nos Estados Unidos, o Ministério do Comércio da China anunciou que pretende impor tarifas entre 5% e 25% sobre US$ 60 bilhões em produtos estadunidenses. Ao anunciar tal decisão, Pequim afirmou que ela é “racional e contida” e que sua implementação ou não dependerá totalmente das atitudes tomadas pelos norte-americanos.

Em uma nota divulgada pelo porta-voz do órgão, eles afirmam que “qualquer ameaça ou chantagem unilateral levará apenas à intensificação dos conflitos e prejudicará os interesses de todas as partes”. O ministério ainda acrescenta que a China acredita em todos os momentos que a consulta em uma base de respeito mútuo, igualdade e benefício de ambos os lados é um modo eficaz de resolver as diferenças comerciais”.

De acordo com o governo chinês, os EUA têm provocado um aumento nas tensões comerciais repetidamente, e, por isso, A China precisou adotar medidas de retaliação “para defender a dignidade do país e os interesses do seu povo, o livre-comércio e o sistema multilateral e os interesses comuns de todos os países do mundo”.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.