China alcança progresso no emprego e na seguridade social na última década

Empregados urbanos representaram 62,7% da população em 2021

Créditos: Xinhua/Cao Yiming

A China fez conquistas históricas no emprego e na seguridade social durante a última década, reforçando seu crescimento econômico estável e sua estabilidade social, disse na quinta-feira Li Zhong, vice-ministro chinês dos Recursos Humanos e da Seguridade Social, em uma coletiva de imprensa.

Os resultados criaram condições favoráveis para que o país cumpra adequadamente seu primeiro objetivo centenário de construir uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos, disse Li.

Ele citou como exemplos de realizações notáveis um mercado de emprego estável em um país de 1,4 bilhão de pessoas, a criação de mais de 13 milhões de empregos urbanos todos os anos e a manutenção da taxa de desemprego urbano pesquisada geralmente abaixo das metas de controle durante a última década.

Li observou que o mercado de emprego da China tem visto uma estrutura mais otimizada nos últimos 10 anos. Em 2021, os empregados urbanos representaram 62,7% do total. O setor terciário tornou-se o maior gerador de empregos.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.