China ajuda financeiramente 520 milhões de alunos desde 2012

Seis novas políticas de ajuda financeira foram divulgadas e outras 13, aperfeiçoadas, nos últimos seis anos

A China ajudou 520 milhões de alunos financeiramente nos últimos seis anos, investindo 886,4 bilhões de yuans (US$ 129,6 bilhões) desde o 18° Congresso Nacional do Partido Comunista da China, em 2012, de acordo com Zhao Jianjun, subchefe do departamento de finanças do Ministério da Educação. O funcionário afirmou que seis novas políticas de ajuda financeira foram divulgadas durante esse período, e outras 13 políticas relevantes foram aperfeiçoadas.

Os pós-graduados foram os maiores favorecidos pelas novas políticas, sendo que os benefícios incluem maiores limites de empréstimos, períodos mais longos para a quitação deles e a elevação do padrão de subsídio para universidades, escolas profissionalizantes secundárias, escolas secundárias, entre outros.

Segundo Zhao, o programa de ajuda financeira para os alunos foi criado abrangendo todas as fases do sistema educacional, desde a pré-escola até a pós-graduação. “As políticas cobrem tanto as escolas públicas como as privadas, e todos os tipos de alunos cujas famílias enfrentam dificuldades financeiras, ajudando a atingir a meta de ‘não deixar nenhum aluno sair da escola por conta de dificuldades financeiras’”.


Fonte: Xinhua

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.