Centro de pesquisa sobre panda gigante é estabelecido em Sichuan

A instituição trabalhará áreas como acervo genético, tecnologias de restauração de habitat, criação de cativeiro, treinamento selvagem e prevenção de doenças

Um instituto de pesquisa sobre o panda gigante foi aberto no último domingo (29) em Chengdu, capital da província de Sichuan. Ele se concentrará na ciência de fronteira da pesquisa sobre pandas gigantes e realizará comunicação e cooperação de longo prazo com as principais instituições de pesquisa e organizações internacionais.

Entre as áreas que serão trabalhadas pelo instituto estão as de arquivos, acervo genético e tecnologias de restauração de habitat para a população selvagem do panda gigante, assim como a criação de cativeiro, treinamento selvagem e prevenção de doenças.

O planejamento científico do parque nacional de pandas gigantes e a pesquisa sobre a proteção ecológica e da biodiversidade serão realizados entre o instituto e as universidades e instituições de pesquisa no país e no exterior. O novo instituto também focará no desenvolvimento da comunidade e no ecoturismo relacionado ao panda gigante, afirmou Zhang Zhihe, chefe do instituto.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.