Casos importados de COVID-19 no território chinês chegaram de 50 países

Comissão Nacional de Saúde declara que China continua enfrentando a tarefa de impedir reincidência da epidemia

Até a última sexta-feira, 50 países haviam sido registrados como fontes de casos importados de coronavírus na parte continental da China. A Comissão Nacional de Saúde (CNS) declarou que o país “continua enfrentando a árdua tarefa de impedir uma reincidência da epidemia da COVID-19 desencadeada por casos importados”.

De acordo com Mi Feng, porta-voz da CNS, “sete regiões de nível provincial reportaram casos recém-importados ou suspeitos na sexta-feira”. Mi exigiu medidas direcionadas de prevenção e controle da epidemia, além da consistente proteção pessoal.

A parte continental da China confirmou onze novos casos e dois suspeitos provenientes do exterior na sexta-feira, de acordo com o relatório diário da CNS.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.