Cada vez mais homens na China se submetem a cirurgias plásticas

Público masculino já representa quase 10% do mercado

O mercado de estética médica da China está ganhando mais consumidores homens, noticiou o China Daily nesta quinta-feira. O jornal citou a plataforma de medicina estética online SoYoung dizendo que, em 2019, o consumo dos homens chineses representou 9,98% do total desse mercado.

De acordo com a plataforma, os homens da geração pós-2000 estão mais dispostos a se submeter a grandes intervenções, como cirurgias ósseas, enquanto os nascidos entre 1970 e 1989 optam por transplantes capilares e polimentos faciais.

Com rápido desenvolvimento e crescente demanda, mais esforços são necessários para regular o setor, para garantir seu desenvolvimento saudável e sustentável.

Os regulamentos sobre as instituições e profissionais de estética médica devem ser reforçados para reduzir efetivamente os casos de negligência e fraude, disse Xiao Ran, diretor do centro de pesquisa do Hospital de Cirurgia Plástica da Academia Chinesa de Ciências Médicas.

Vigilância constante é necessária para banir institutos, praticantes e produtos não licenciados, acrescentou Xiao.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.