Bolsonaro afirma que cooperação com a China tem sido “essencial” para gestão da pandemia

Presidente ainda ressaltou que “parte significativa das vacinas” oferecidas no Brasil é produzida com insumos chineses

Foto: Marcos Corrêa /PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, na última semana, que a cooperação com a China “tem se mostrado essencial para a gestão adequada da pandemia no Brasil” ao participar da 13ª cúpula do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

“Uma parte significativa das vacinas oferecidas à população é produzida com insumos da China”, ressaltou Bolsonaro. Na abertura do encontro, o presidente brasileiro ainda mostrou interesse em diversificar as exportações para a Rússia, “de forma coerente com o desenvolvimento de ambas as economias e em benefício de nossos povos”.

Com relação à África do Sul, Bolsonaro disse que “nossos laços humanos e nossas similaridades tornam o diálogo fluido e natural em temas como defesa, ciência e tecnologia, meio ambiente, comércio e investimentos, entre outros”. Sobre a Índia, disse que a cooperação com o país tem avançado, “especialmente nas áreas de ciência e tecnologia, energia e saúde, principalmente no combate à pandemia da Covid-19”.

O presidente brasileiro disse ainda a seus colegas esperar que “possamos nos encontrar pessoalmente em breve para discutir os temas de nossas agendas bilaterais e multilaterais”.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.