Boas-vindas ao inverno

Conheça os pratos que preparam os chineses para enfrentarem os dias frios de inverno

Cozido de carneiro

Na China, costuma-se considerar o dia 7 ou 8 de novembro como o Início do Inverno. No norte da China, a temperatura começa a cair abaixo de zero e a água congela; no sul, há ainda um período de calor fora da estação, chamado de Verão Indiano.

Esse termo solar é tão importante que desde o início da Dinastia Zhou (1046-256 a.C.) o imperador e seus oficiais civis e militares realizavam uma cerimônia neste dia para oferecer sacrifícios ao Céu, a seres celestiais e ancestrais, e rezavam por uma boa colheita e por uma vida próspera para seu povo. Quando o inverno se inicia, o tempo começa a esfriar, as árvores e a relva perdem o viço e os insetos desaparecem para hibernar. Na medicina tradicional chinesa, sugere-se que a pessoa adote alguma terapia dietética para robustecer suas forças e acumular energia durante esta estação, para ajudar suportar melhor o frio e evitar doenças.

Um dos princípios da dieta de inverno é evitar comer comidas frias, ingerir mais vegetais frescos ricos em vitaminas, incluindo raiz de lótus, repolho-chinês, rabanete, cogumelos comuns e o cogumelo-negro-chinês.

Dentro do seu vasto território, a China tem múltiplas iguarias para o inverno, que variam conforme a região seja mais ao norte ou ao sul. No sul da China, é habitual comer frango, peixe e carne de porco no dia do Início do Inverno, e os restaurantes costumam ficar lotados de clientes nessa época.

A maior parte das famílias prefere o Frango ao óleo de Gergelim e a Decocção das Quatro Ervas. Originária da Dinastia Tang (618-907), a Decocção das Quatro Ervas é produzida com quatro tipos de ervas da medicina tradicional chinesa, que são cozidas com frango e compõem uma dieta clássica para nutrir o corpo. Já no norte da China, como em Pequim, Tianjin e na Província de Hebei, além do carneiro de fervura rápida, do pato assado e de outros pratos de carne, as almôndegas são muito populares. Além do repolho-chinês e do alho-poró, a abóbora doce e macia, deixada do outono até o inverno, é também uma excelente opção para recheio.

Primeiro lave a abóbora e corte em tiras; acrescente carne de porco picada, um molho grosso feito de soja, óleo de gergelim, cebolinha picada e gengibre, e então mexa esse recheio uniformemente. Segundo a lenda, comer almôndegas evita ulcerações de frio nas orelhas durante o inverno. O carneiro cozido é especialmente recomendado para recuperar energias na estação fria. Prepare 500 g de carneiro, 15 g de vinho para cozinhar, 10 g de sal, 50 g de óleo, 5 g de cebolinha e gengibre picados, e um montinho de temperos, com 2 g de anis, 1 g de pimenta vermelha chinesa, e cravos. Lave o carneiro e corte em cubinhos de quatro centímetros, despeje óleo na frigideira e refogue com cebolinha e gengibre picados até que a fragrância se mostre; coloque então o carneiro e frite até a cor mudar; acrescente o vinho, a água, o sal e os temperos. Deixe e, alta temperatura até que a água comece a ferver, passe para fogo baixo, e então cozinhe por uma hora e meia.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.