Autor: Administrador

Tecnologia chinesa que ajuda a diagnosticar o câncer cervical será aberta ao mundo

abril 2, 2019 2:00 pm Published by Leave your thoughts

O centro de pesquisas que desenvolveu as principais tecnologias da Landing, uma plataforma de nuvem chinesa que pode detectar câncer cervical, também conhecido como câncer de colo do útero, usando inteligência artificial (AI), divulgou que agora em abril ela será aberta para o mundo.

A tecnologia de AI na nuvem para a diagnose de câncer cervical transformou a experiência acumulada pelos círculos médicos ao longo dos anos em algoritmos e modelos, possibilitando rastrear células cancerosas a partir de imagens digitalizadas, de acordo com Sun Xiaorong, cientista-chefe do centro de pesquisa Landing para diagnosticar diagnose citológica com AI. Subordinado à Universidade de Wuhan, o centro detém os principais direitos de propriedade intelectual sobre a tecnologia.

“Após informações gráficas de amostras de células serem coletadas por amostragem e transferidas via internet para a plataforma na nuvem, a AI vai concluir o procedimento de diagnose automaticamente. Os patologistas apenas precisam revisar e confirmar os casos positivos”, disse Sun. A plataforma na nuvem vai evitar um grande volume de trabalho manual, uma vez que os casos positivos são geralmente minoria entre os testes de câncer cervical.

O câncer cervical é o quarto tipo de câncer mais frequente entre as mulheres em todo o mundo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, em 2018 houveram 570 mil novos casos e 311 mil mortes relacionadas a esse câncer.


Legolândia cria maquete de Pequim com peças de Lego

abril 2, 2019 12:30 pm Published by Leave your thoughts

O Centro da Legolândia de Pequim apresentou no final do mês de março uma miniatura da capital chinesa, composta por mais de 510 mil peças de Lego. O modelo conta com os principais marcos da cidade de Pequim, como a Cidade Proibida, a Grande Muralha e os arranha-céus no distrito comercial da metrópole.

Para a construção da maquete em miniatura, foram necessárias um total de 7250 horas, 26 especialistas da Lego, oito arquitetos, um designer de projeto e 6 animadores de todo o mundo. O Centro da Legolândia será aberto ao público no dia 15 de abril.


Fundação Ford fala sobre rápido desenvolvimento do setor social chinês

abril 2, 2019 11:20 am Published by Leave your thoughts

A China teve um grande sucesso no setor social em seu caminho a um crescimento igualitário, pelo que afirmou Elizabeth Knup, diretora e representante da Fundação Ford (uma das maiores fundações privadas do mundo) na China. Em entrevista à Xinhua, ela disse que desde que a fundação começou a trabalhar no país, em 1979, ela pode testemunhar o rápido crescimento do país, não só no setor econômico, como também no social. “A vida do povo é muito melhor que há 20 anos na China e continua melhorando”.

Segundo dados oficiais, mais de 100 milhões de chineses foram tirados da pobreza nas últimas quatro décadas, e a taxa de pobreza nas áreas rurais foi de 97,5%, em 1978, para 1,7% em 2018. A receita per capita da China teve um aumento de 25 vezes nesse mesmo período.

Knup disse que a contribuição do país para a redução da pobreza é enorme, o que ajudou no cumprimento dos objetivos de desenvolvimento do milênio para todo mundo. O governo da China prometeu construir uma sociedade moderadamente próspera, onde “nenhuma pessoa deve ser deixada para trás”. Para Knup, esse crescimento equitativo é uma vitória dos esforços de diferentes lados. “A liderança da China de hoje reconhece que o crescimento igualitário é algo do qual as políticas, o povo e os líderes têm que participar de maneira ativa”.

A China prometeu reduzir as taxas de abandono escolar dos estudantes rurais e aumentar o tamanho das cotas de matrícula especial nas universidades importantes para os estudantes de áreas rurais e pobres, pelo que diz o relatório de trabalho do governo de 2019. Os grupos de reflexão, instituições de pesquisa e órgãos de política do país também fizeram contribuições para assegurar que as pessoas de todas as posiçõ0es sociais possam ter acesso igual aos recursos e serviços.

Outra coisa que Knup ressaltou foi que a Fundação de Pesquisa sobre Desenvolvimento da China (CDRF), parceira da Fundação Ford na China, lançou um programa para a educação infantil, voltado especialmente para as comunidades rurais e com menos recursos. “O investimento na educação, como todos podemos reconhecer, é extremamente importante para uma sociedade abrangente para que todas as pessoas tenham a oportunidade de participar da igualdade social”.


Ovos de 2.500 anos são desencavados de uma tumba na China

abril 2, 2019 10:23 am Published by Leave your thoughts

Arqueólogos chineses descobriram recentemente um pote de ovos em um túmulo datado de cerca de 2.500 em Changzhou, na província de Jiangsu. Segundo o relatório, os ovos foram encontrados um pote de barro, junto de outros recipientes de cerâmica, fogões e placas, em um túmulo na vila de Shangyang.

Ao contrário de escavações semelhantes, os ovos desenterrados encontravam-se separados uns dos outros, o que fez com que os especialistas conseguissem limpá-los com maior facilidade, pelo que disse Lin Ligen, chefe do Instituto de Arqueologia do Museu de Nanquim.

Agora o pote de ovos será colocado em condições de temperatura e umidade estáveis para que se possa fazer um estudo mais aprofundado. Ainda não se sabe se os ovos são de galinhas domésticas ou de faisões.


Imprensa já pode se cadastrar para a Exposição Internacional de Horticultura

março 31, 2019 2:51 pm Published by Leave your thoughts

Já está aberto o sistema de credenciamento de imprensa sob o centro de imprensa da Exposição Internacional de Horticultura de Pequim 2019. De acordo com o comitê organizador, meios de comunicações chineses ou internacionais podes se cadastrar pelo site oficial https://exhibitionreg.news.cn até o dia 10 de setembro.

Depois de solicitar o cadastro online, os jornalistas estrangeiros que forem temporariamente para a China podem solicitar os vistos J-2 nas embaixadas, consulados ou outras agências chinesas no exterior incumbidas pelo Ministério das Relações Exteriores chinês com a carta de confirmação gerada pelo credenciamento. O tempo e o procedimento para coletar os cartões de imprensa serão anunciados no site oficial no devido momento.

A exposição, que acontecerá entre os dias 29 de abril e 7 de outubro, trará os últimos avanços em floricultura e cultivo de vegetais e frutas ao pé da Grande Muralha, no distrito de Yanqing, no noroeste de Pequim. Até o momento, mais de 110 países e organizações internacionais confirmaram presença e o evento deve atrair mais de 16 milhões de visitantes. Essa é a segunda vez que a China sediará uma expo de horticultura de alto nível, sendo que em 1999 a cidade de Kunming foi a sede do evento.


Empresa chinesa cria anel gigante para reator nuclear

março 30, 2019 4:47 pm Published by Leave your thoughts

A empresa chinesa Taiyuan Iron & Steel Group (TISCO) anunciou que produziu uma peça gigantesca, redonda e sem costura, com aço inoxidável de alta pureza, que será usada numa unidade de energia nuclear de 4ª geração. De acordo com a companhia, a peça tem 15,6 m de diâmetro, 150 ton e é a maior do mundo tanto em termos de tamanho quanto de peso.

A peça será usada como anel de apoio para o componente núcleo do reator experimental para um reator de nêutrons rápidos de 60 milhões de kW em Xiapu, na província de Fujian. A peça terá resistência a 7 mil toneladas e 650 graus, operando por quatro décadas seguidas.

A TISCO, localizada em Taiyuan, capital da província de Shanxi, forneceu mais de 50 mil ton de aço para os projetos de energia nuclear, incluindo 45 mil ton de aço inoxidável.


Banco de Desenvolvimento da China empresta US$ 190 bilhões para Iniciativa Cinturão e Rota

março 30, 2019 11:35 am Published by Leave your thoughts

O Banco de Desenvolvimento da China (CDB, na sigla em inglês), um importante banco político, financiou mais de 600 projetos da Iniciativa Cinturão e Rota com um total de US$ 190 bilhões desde o início do projeto em 2013, de acordo com o presidente da entidade Zheng Zhijie. Os empréstimos do banco pendentes para projetos internacionais em países ao longo do Cinturão e Rota totalizaram US$ 105,9 bilhões no final do ano passado, o que representa 34% dos seus empréstimos para projetos internacionais, afirmou Zhao em um painel sobre a conferência anual do Fórum Boao para Ásia (BFA, em inglês).

O CDB estabeleceu em 2017 um plano de empréstimo especial de três anos no valor de 250 bilhões de yuans (aproximadamente US$ 37,2 bilhões) para apoiar a cooperação do Cinturão e Rota em infraestrutura, capacidade industrial e financiamento. No final de fevereiro, os empréstimos por meio desse mecanismo especial chegaram a 480,7 bilhões de yuans, dos quais 139 bilhões se destinaram à construção de infraestrutura, detalhou Zheng.

“Isso forneceu apoio financeiro sustentável e controlou os riscos a longo prazo da construção do Cinturão Rota a longo prazo”, disse Zheng. O diretor insistiu que o financiamento para a construção da infraestrutura do Cinturão e Rota deveria ser promovido. “Precisamos construir uma plataforma de financiamento mais aberta e inclusiva e dar pleno acesso a todo tipo de capital, seja estatal, privado ou estrangeiro”.


Peng Liyuan participa de sessão da Unesco dobre educação de meninas e mulheres

março 29, 2019 5:30 pm Published by Leave your thoughts

Peng Liyuan, esposa do presidente da China Xi Jinping, participou nesta semana de uma sessão especial sobre a educação de meninas e mulheres na sede da Unesco como uma enviada especial da própria organização. Na sessão, alguns ganhadores do Prêmio da Unesco para a Educação de Meninas e Mulheres fizeram breves comentários sobre seu entendimento e a promoção do projeto.

A primeira-dama chinesa apreciou os esforços feitos pela Unesco e pelos vencedores e compartilhou as práticas que vêm obtendo sucesso na China nesse sentido. Em uma análise do trabalho que vem fazendo nessa área nos últimos anos, Peng se referiu especialmente ao Spring Bud Project, um programa lançado pelo Fundo de Crianças e Adolescentes da China para ajudar as meninas que abandonaram os estudos a voltarem para a escola e para melhorar as condições de ensino nas áreas empobrecidas.

Ela enfatizou que promover a educação de meninas e mulheres é uma causa nobre que merece atenção, apoio e a dedicação de mais pessoas. “O conhecimento e as habilidades são duas grandes forças que podem mudar a vida das mulheres, e com uma educação igualitária e de qualidade, todas terão a oportunidade de se destacar”, acrescentou.

Segundo Peng, a China continuará apoiando a Unesco na organização do prêmio e a ajudar a capacitar mais crianças e mulheres a abraçar um futuro mais brilhante com oportunidades e plataformas para a cooperação educacional internacional criada pelo desenvolvimento conjunto do Cinturão e Rota.

Audrey Azoulay, diretora-geral da Unesco, disse que cerca de 130 milhões de meninas estão fora das escolas em todo o mundo, e que as mulheres representam dois terços dos 750 milhões de analfabetos do mundo. “A promoção da educação de meninas e mulheres é uma parte importante da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e um dos focos de atenção da Unesco”, acrescentou.

Em uma reunião especial feita com Azoulay antes da sessão especial, Peng disse que a China apoia firmemente o trabalho da Unesco e da diretora-geral e que espera que os dois lados continuem a aprofundar a cooperação para promover, em conjunto, a paz e a prosperidade mundial, assim como o progresso da civilização humana. Azoulay, por sua vez, disse que a China fez grandes conquistas nos últimos 70 anos, incluindo avanços no desenvolvimento da educação e dos assuntos das mulheres.


China fortalece políticas de subsídios para veículos de nova energia

março 29, 2019 4:00 pm Published by Leave your thoughts

Políticas mais fortes para subsidiar a compra de veículos de nova energia (NEVs) foram divulgadas nessa semana pelo Ministério das Finanças em um comunicado. O objetivo desse fortalecimento é o de promover o desenvolvimento de alta qualidade do setor.

Na declaração, o ministério afirmou que o patamar de requisitos tecnológicos tem sido “elevado moderadamente” para apoiar as produtoras com tecnologias avançadas, qualidade confiável de produtos e padrões de segurança mais altos. “[o país] está focado em apoiar os produtos de alta qualidade com alta tecnologia, ao passo que tem estimulado as empresas a dar atenção à segurança e consistência dos seus produtos”, diz o comunicado.

As novas medidas aumentam de uma maneira estável o limite da densidade energética para o sistema de baterias de NEV, elevando moderadamente as exigências do seu consumo de energia e o limite de milhagem para a condução contínua dos veículos de passageiros puramente elétricos. O comunicado diz que, devido a fatores como as economias de escala e a redução de custo, o país reduziu os padrões de subsídios para os veículos utilitários, ônibus e caminhões de nova energia, com o propósito de promover a sobrevivência daqueles mais qualificados e prevenir as flutuações do mercado.

Depois de um período de transição, que durará três meses, a partir da última terça-feira, os governos locais deverão deixar de subsidiar as compras dos NEVs que não sejam ônibus de nova energia ou veículos de células de combustível, e os fundos deverão ser usados para melhorar as instalações de carregamento e outros serviços de apoio. Após o dia 25 de junho, se um governo local continuar dando os subsídios, será cortado o subsídio fiscal vindo do governo central, de acordo com o comunicado.

A China, hoje, é um dos mercados de NEV que mais crescem no mundo. No ano passado, as vendas de NEV subiram 61,74% em relação ao ano anterior, chegando a 1,26 milhão de unidades, segundo a Associação de Fabricantes de Automóveis da China.


Xi faz proposta de três pontos sobre laços China-Alemanha em reunião com Merkel

março 29, 2019 2:30 pm Published by Leave your thoughts

O presidente chinês, Xi Jinping, apresentou uma proposta de três pontos para o desenvolvimento das relações China-Alemanha durante a reunião que teve com a chanceler alemã Angela Merkel em Paris, à margem de um fórum de governança co-patrocinado pela China e pela França. “A cooperação prática China-Alemanha manteve um ímpeto de desenvolvimento saudável, apesar do aumento da volatilidade e da incerteza na atual situação internacional”, disse Xi.

A China foi, pelo terceiro ano consecutivo, a maior parceira comercial da Alemanha em 2018, com um aumento de 140% no investimento real de empresas alemãs no país asiático. Xi afirmou que o país estabeleceu seus objetivos e ideias de que seguirá aprofundando a reforma, expandindo a abertura e promovendo o desenvolvimento econômico de qualidade.

Além de ressaltar que a China está comprometida com a abertura, Xi também disse que o país é sincero no impulso e na expansão de sua cooperação com a Alemanha e a União Europeia (UE). A China também se dispõe a unir forças com a Alemanha para continuar expandindo e consolidando as bases da cooperação China-Alemanha, a fim de gerar mais benefícios para os dois povos, segundo ele.

Depois de lembrar que Merkel repetiu diversas vezes que acreditava na cooperação ganha-ganha, Xi afirmou que a China também considera a cooperação conjunta, com benefícios mútuos e resultados conde todos ganham, como a única opção correta para resolver os problemas globais. “Nas atuais circunstâncias, é importante fortalecer as cooperações China-Alemanha e China-UE”, disse ele lembrando que apresentou uma proposta de três pontos para o desenvolvimento da próxima etapa dos laços China-Alemanha.

O primeiro ponto diz que os dois países devem aprofundar a sua cooperação bilateral para dar o exemplo da cooperação ganha-ganha para o mundo. Xi assinalou que a China e a Alemanha não são rivais nem adversários e que a cooperação para resultados ganha-ganha é a espinha dorsal dos laços entre esses países. Ele pediu que isso seja estimulado em áreas como inteligência artificial, condução autônoma, novos materiais, novas energias, ciências da vida e cidades inteligentes.

No segundo ponto, Xi propôs que os dois países assumissem a liderança na cooperação China-UE para injetar mais estabilidade no mundo. Ele disse considerar a Europa uma força importante na promoção de um mundo multipolarizado e que sempre defendeu o caminho de unidade e auto-aperfeiçoamento do continente.

“A China e a Europa são suas forças de estabilidade importantes e duas grandes economias do mundo, de modo que o forte crescimento de suas relações beneficia o interesse de ambas as partes”, disse o presidente. Ele ainda acrescentou que espera que a Alemanha exerça influência para ajudar a UE a se concentrar na cooperação e evitar a ruptura.

O terceiro ponto, por sua vez, fala sobre o dever dos dois países em promover a governança global para salvaguardar o multilateralismo. De acordo com Xi, a China está disposta a trabalhar com a Alemanha para persistir no sistema internacional, com as Nações Unidas como núcleo. Ele também pediu que os dois lados aumentem a coordenação dentro do quadro do G20 para fazer contribuições maiores para melhorar a governança econômica global.

Merkel, por sua vez, disse que a Alemanha e a China têm vários interesses em comum, com um saudável desenvolvimento dos laços bilaterais nos últimos anos e uma estreita comunicação e cooperação em todos os níveis e em diversos campos. O país europeu, segundo a chanceler, quer aprofundar suas relações econômicas e comerciais com a China na era digital e está disposta a participar ativamente do segundo Fórum do Cinturão e Rota para a Cooperação Internacional.

A Alemanha espera aproveitar as oportunidades de mercado geradas pela maior abertura da China e oferecer um ambiente de mercado justo e favorável para as empresas chinesas investirem e iniciarem negócios na Alemanha, pelo que ela disse. Merkel ainda assinalou que o seu país está empenhado em promover as relações de cooperação UE-China e que apoia os esforços conjuntos da UE e da China para proteger o multilateralismo.