Autor: Administrador

Cidades chinesas buscam incentivar separação de lixo doméstico

março 1, 2019 5:00 pm Published by Leave your thoughts

Mais de 300 cidades chinesas de nível sub-regional ou superior começarão a exigir a separação do lixo doméstico em 2019, segundo um anúncio feito pelo Ministério da Habitação e do Desenvolvimento Rural. Até o final de 2020, serão estabelecidos sistemas de classificação do lixo em 46 grandes cidades do país, e Xangai, que é uma das pioneiras na implementação desse sistema, já experimentou muitos métodos novos para incentivar um estilo de vida mais verde.

Com a prevalência dos smartphones, muitas cidades na China, entre elas Xangai, estabeleceram um sistema de “conta verde”, onde cada vez que um residente despeja lixo em conformidade com os regulamentos, ele receberá uma quantidade de “pontos verdes”, que podem ser usados posteriormente na troca de bens. O sistema de incentivos melhorou bastante a participação, apesar de moradores ainda se recusam a fazer parte.

Com uma população permanente de mais de 24 milhões e uma flutuante varia entre 5 e 6 milhões, Xangai produz cerca de 26 mil ton de lixo por dia. A metrópole publicou recentemente um conjunto de regulamentos sobre a classificação e reciclagem do lixo doméstico e anunciou que eles serão implementados a partir de 1º de julho deste ano.

Esses regulamentos proíbem o uso de copos descartáveis pelas organizações do Partido e do governo de Xangai, produtos diários descartáveis fornecidos por hotéis e talheres descartáveis por restaurantes e serviços de entrega de alimentos, a menos que sejam solicitados pelos clientes. Os hotéis e restaurantes que não cumprirem os regulamentos poderão ser multados entre 500 yuans (US$ 74,7) e 5 mil yuans. Já os residentes que não separarem o lixo podem receber uma multa de 50 a 200 yuans.


China investirá US$ 45 milhões na proteção de documentos antigos do Palácio de Potala

março 1, 2019 4:20 pm Published by Leave your thoughts

O governo chinês irá investir 300 milhões de yuans (US$ 44,9 milhões), ao longo dos próximos 10 anos, na proteção e utilização de documentos antigos no Palácio de Potala, localizado em Lhasa, no Tibete. Atualmente, quase 40 mil livros com documentos antigos valiosos, escritos em chinês, tibetano, manchu, mongol e sânscrito, são mantidos no palácio, de acordo com o escritório da administração.

“É impressionante ver tantos documentos antigos e raros que se distinguem em conteúdo, versão e valor artístico”, afirmou Pedron, um especialista do centro de proteção de documentos antigos do Tibete. Os trabalhadores de proteção local vão tomar medidas preventivas de proteção e restauração, digitalizar e exibir esses documentos. A equipe local realizará o registro digital de aproximadamente 2,8 mil documentos antigos em chinês e tibetano.

Os documentos antigos não são apenas relíquias, mas também preciosos arquivos históricos que demonstram e ajudam a proteger a uma China unificada com integridade territorial, pelo que disse Jorden, subdiretor da oficina de administração. “Para manter a diversidade da cultura chinesa e transmiti-la de geração para geração, é essencial que protejamos e façamos um bom uso desses documentos antigos”.

O Palácio de Potala foi construído pelo rei tibetano Songtsa Gambo no século VII e expandido no século XVII. Ele é um dos principais destinos turísticos da China e foi incluído na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO em 1994.


Pequim lança plano para renovar partes da Grande Muralha

março 1, 2019 3:50 pm Published by Leave your thoughts

O governo local de Pequim anunciou um novo projeto de renovação para cobrir algumas partes da Grande Muralha de Jiankou, localizada no distrito de Huairou, no norte da cidade. A Administração Nacional de Patrimônio Cultural já aprovou o plano, que inclui, ao todo, 2.772 m da Grande Muralha, com 17 torres.

A parte oriental da Grande Muralha de Jiankou começará a ser renovada em agosto e o processo deverá ir até agosto de 2020. De 2020 a 2021 será a vez da parte sul da muralha ser renovada.

A Grande Muralha de Jiankou, que tem 7.952 m de extensão, foi construída durante a Dinastia Ming (168-1644). Como fica localizada no alto de montanhas íngremes, esta seção chegou a ser esquecida e foi danificada com o tempo. Pequim vem focando, nos últimos anos em reparar a parte de Jiankou da Grande Muralha, já tendo sido renovados 1.487 m dela.

Uma pesquisa sobre a Grande Muralha, que foi feita em 2006 pelas autoridades de Pequim, mostra que as partes restantes desse importante monumento chinês que ficam na cidade têm 573 km de extensão. Segundo o departamento municipal de patrimônio cultural de Pequim, a cidade investiu, entre 2016 e 2017, 374 milhões de yuans (US$ 55,9 milhões) em proteção e renovação da Grande Muralha.


Cientistas da China e dos EUA criam banco de dados de duplicatas genéticas de plantas

março 1, 2019 3:21 pm Published by Leave your thoughts

Um banco de dados de duplicatas genéticas de plantas foi criado por pesquisadores chineses e americanos, e suas informações foram disponibilizadas para todos os usuários da Internet. As plantas são capazes de duplicarem os seus genes, e a alta frequência de duplicação faz com que a variação genética ocorra de forma contínua, ajudando as plantas a se adaptarem ao ambiente externo em mutação e promove a diversidade das espécies.

Para oferecer uma plataforma que dê acesso aos pares de genes duplicados em diferentes plantas, os cientistas rastrearam 141 genomas sequenciados de plantas. O objetivo era o de apresentar uma explicação clara para as consequências da duplicação dos genes e genomas, o que, por sua vez, permitiu a criação do Banco de Dados de Genes Duplicados de Plantas.

O banco de dados traz informações genéticas de espécies alimentícias, como soja, arroz, trigo e milho, assim como culturas de jardim, incluindo peras, pêssegos, uvas, legumes e flores.

A equipe espera que o banco de dados sirva de base para aprofundar a investigação da dinâmica evolutiva das duplicatas genéticas, de acordo com a versão do estudo que foi publicado pela revista Genome Biology. Os pesquisadores ainda desenvolveram um método de bioinformática para identificar diferentes formas de duplicação genética nas plantas.


Embaixador chinês reforça parceria entre Brasil e China e defende reformas de Bolsonaro

março 1, 2019 10:04 am Published by Leave your thoughts

O novo embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, participou de um evento na última quarta-feira (27), onde defendeu as reformas planejadas pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. O café da manhã foi organizado pelo grupo LIDE China, uma filial internacional do Grupo de Líderes Empresariais na China.

“Sob a liderança do presidente Jair Bolsonaro, o Brasil entra numa nova etapa de desenvolvimento. O novo governo está realizando reformas institucionais políticas e econômicas e nós estamos acompanhando. Fazemos votos de muito sucesso para que as reformas possam trazer bem-estar ao povo brasileiro”, disse Wanming.

O embaixador também ressaltou que a economia chinesa está mudando de um crescimento em alta velocidade para um desenvolvimento focado na qualidade: “Nos próximos 15 anos, as importações chinesas de bens e serviços vão superar os US$ 30 trilhões e US$ 10 trilhões, respectivamente”. Ele ainda disse que a cooperação Brasil-China entrou numa nova fase que valoriza não apenas a velocidade, mas também a qualidade.

O chairman do LIDE China, José Marcelo Braga Nascimento, destacou em seu discurso que a parceria entre as duas nações é estratégica e benéfica para ambos os lados. “Diferentemente de outros países que estão quebrando as suas alianças, acreditamos que 2019 será um ano de fortalecê-las, ajustando os pontos necessários para fomentar a reciprocidade entre os povos e as relações comerciais sino-brasileiras. Como nos ensina um provérbio chinês, acreditamos que ‘você não pode mudar o vento, mas pode ajustar as velas do barco para chegar onde quer'”.

O evento contou com a presença de CEOs e representantes de empresas chinesas e brasileiras além de autoridades como o vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, o secretário da Fazenda do Estado de São Paulo, Henrique Meirelles, o secretário de Relações Internacionais do Estado de São Paulo, Júlio Serson, o vice-presidente da FIESP, José Ricardo Roriz Coelho, a Cônsul Geral da China em São Paulo, Chen Peijie, e o presidente do LIDE, Luis Fernado Furlan.

Meirelles afirmou, durante o encontro, que o atual momento econômico favorece o comércio entre Brasil e China. “Os dois países vivem momento de transformação. Saímos de uma recessão e começamos a crescer. Nesse contexto são de extrema importância as reformas. Já aprovamos a trabalhista, o teto de gastos, a lei de governança das estatais. Devemos seguir essa rota de crescimento sólida”.

Rodrigo Garcia, por sua vez, elogiou Meirelles e defendeu a urgência na aprovação da reforma da Previdência enviada ao Congresso por Bolsonaro. “O Brasil vive um novo ciclo. O encaminhamento da reforma da Previdência para o Congresso Nacional e a urgência com que o tema vem sendo tratado pelo presidente Bolsonaro, pelos governadores, com especial apoio do governador João Doria, nos faz otimistas com o Brasil. O equilíbrio fiscal é o único caminho responsável para colocarmos o pé no acelerador dos investimentos”.


China mantem alta taxa de vacinação

março 1, 2019 9:00 am Published by Leave your thoughts

Na China, a taxa de vacinação se manteve alta, acima de 90%, sob o programa de imunização do país, pelo que afirmou Gao Fu, do Centro Chinês para o Controle e a Prevenção de Doenças (CCCPD), em uma coletiva de imprensa. O programa chinês requer vacinas contra doenças como a hepatite B, poliomielite e sarampo infantil, além de vacinas para doenças como antraz para grupos específicos.

Segundo Gao, as vacinas do país são seguras e efetivas. Ele ainda disse que foi estabelecida uma equipe de trabalho para analisar os programas relacionados às vacinas expostas durante os últimos anos para garantir soluções efetivas. Além disso, ele pediu medidas mais proativas de prevenção e controle contra a gripe, incluindo taxas mais altas de inoculação.

 


Leis contra poluição do Cinturão Econômico do Yang-Tsé ficarão mais severas

fevereiro 28, 2019 6:00 pm Published by Leave your thoughts

Pessoas condenadas por poluir o ambiente ao longo do Cinturão Econômico do Rio Yang-Tsé poderão sofrer uma punição mais pesada. Após uma reunião de funcionários da Suprema Procuradoria Popular (SPP), Supremo Tribunal Popular, Ministério da Segurança Pública, Ministério da Justiça e Ministério da Ecologia e Ambiente, foi confirmado que que as penas para esses casos passarão a ficar mais severas.

Entre os atos criminosos que resultam em penas mais fortes está o despejo de resíduos radioativos, contagiosos ou tóxicos nas províncias ou em fluxos d’água importantes que correm através dela. No total, o Cinturão Econômico do Rio Yang-Tsé abrange 11 províncias e municípios de nível provincial.

De acordo com Wang Songmiao, porta-voz da SPP, esse movimento mostra a determinação chinesa em utilizar a aplicação mais forte da lei contra os poluidores e que ele será uma poderosa forma de impedir os crimes ambientais. “A magistratura vem prestando muita atenção a tratar com os assuntos de poluição”.


China sediará Exposição Mundial de Selos

fevereiro 28, 2019 3:15 pm Published by Leave your thoughts

A China irá realizar a edição de 2019 da Exposição Mundial Geral de Selos da FIP (Federação Internacional de Filatelia) na cidade de Wuhan entre os dias 11 e 17 de junho, segundo o Birô de Correios do Estado (órgão governamental que regulamenta os Correios da China).

Mais de 1,3 mil jogos e 4,5 mil selos que a República Popular da China emitiu desde sua fundação, 70 anos atrás, serão exibidos na mostra. Cerca de 80 países e regiões irão participar da exposição, que terá mais de 3,5 mil conjuntos de selos emoldurados disponíveis ao público. Ainda serão exibidas algumas peças de alto valor de colecionadores e museus de todo o mundo.

A China aderiu à FIP, a associação internacional de colecionadores de selos e filatelistas, em 1983 e já sediou a exposição nos anos de 1999 e 2009.


Bibliotecas de Taiwan registram aumento do consumo de livros digitais

fevereiro 28, 2019 11:30 am Published by Leave your thoughts

Um relatório divulgado pela Biblioteca de Taiwan mostrou que em 2018 o número de pessoas que acessaram livros digitais nas bibliotecas da ilha aumentou 30,3% em relação ao ano anterior, chegando em 1,74 milhão. O documento ainda mostra que as bibliotecas públicas de Taiwan registraram quase 91,9 milhões de visitas, o que representa um crescimento de 6,68% em comparação com 2017.

De acordo com o estudo a respeito dos hábitos de leitura na ilha, 99,9 milhões de livros foram emprestados no ano passado, o que representa um crescimento anual de 3,98%. Entre esses livros, 26% foram emprestados por leitores que têm entre 35 e 44 anos. Quando analisados os temas desses livros, pode-se observar que quase 50% deles eram sobre língua e literatura.


China proíbe discriminação contra mulheres em recrutamento de trabalho

fevereiro 28, 2019 9:40 am Published by Leave your thoughts

Foram proibidas na China quaisquer tipos de práticas de discriminação de gênero na hora do recrutamento de trabalho, como forma de aumentar as oportunidades profissionais das mulheres no país. De acordo com um documento publicado pelo Ministério dos Recursos Humanos e Segurança Social e outras oito agências governamentais, não deve ser incluída nenhuma exigência em relação ao gênero do profissional nos planos de recrutamento ou entrevistas.

Outra proibição é a de perguntar o estado civil e a fertilidade dos candidatos durante as entrevistas, assim como no exame de saúde pré-emprego não serão permitidos testes de gravidez.

Aqueles que infringirem essa regra serão multados em 10 mil yuans (US$ 1.488), e se eles se recusarem a corrigir suas práticas, a multa subirá para 50 mil yuans (US$ 7.441). Além disso, as licenças dos prestadores de serviço de recursos humanos poderão ser revogadas por crimes graves, segundo o documento. A China irá construir um mecanismo para supervisionar os empregadores e oferecer assessoria judicial às mulheres empregadas.