Autor: Administrador

Ministério chinês divulga 13 profissões para acompanhar o desenvolvimento da China

abril 9, 2019 10:45 am Published by Leave your thoughts

O Ministério dos Recursos Humanos e Seguridade Social (MRHSS) da China anunciou quais são as 13 novas profissões para acompanhar os passos do desenvolvimento econômico e tecnológico do país.

Entre as profissões listadas estão: técnico de inteligência artificial; técnicos de Internet das Coisas; técnicos de big data; técnicos de computação de nuvem, especialistas em esportes eletrônicos; pilotos de veículos aéreos não tripulados; gerentes agrícola e operadores de sistema de robôs industriais.

O comunicado do MRHSS dizia que, com a economia da China mudando seu padrão de alta velocidade para o desenvolvimento de alta qualidade, surgem novos empregos que exigem novas habilidades e conhecimento em diversas indústrias, atraindo um número relativamente estável de trabalhadores.

As 13 novas profissões foram escolhidas de forma cuidadosa por especialistas, com base em padrões e procedimentos relevantes, e foram levadas em consideração extensas opiniões públicas.


Dois pandas gigantes chineses vão para a Dinamarca para projeto de pesquisa

abril 9, 2019 9:20 am Published by Leave your thoughts

Dois pandas gigantes foram enviados para Copenhague, capital da Dinamarca, para um projeto colaborativo de pesquisa, segundo fontes de uma base de reprodução localizada na cidade de Chengdu. Xing Er, um panda macho de 5 anos, e Mao Er, uma fêmea de 4 anos, receberam uma cerimônia de despedida no dia anterior à sua viagem para o zoológico de Copenhague.

Segundo o acordo firmado entre a Associação Chinesa de Jardins Zoológicos e o zoo da capital dinamarquesa, os animais permanecerão em Copenhague por 15 anos. Os dois países deram sinal verde para o programa durante a visita de Estado da rainha Margrethe II a Pequim, em 2014. Desde novembro de 2015, o zoológico rural nórdico enviou veterinários, cuidadores e nutricionistas à base de Chengdu. Para oferecer melhores cuidados aos ursos, os dinamarqueses também aprenderão o idioma chinês.

Zhang Zhihe, diretor da instalação chinesa, afirmou que a base estabeleceu, até agora, programas conjuntos de pesquisa com pandas gigantes com 16 países e regiões.


China apresenta consórcio internacional de documentários sobre Cinturão e Rota

abril 8, 2019 6:30 pm Published by Leave your thoughts

Um consórcio internacional de documentários focados na Iniciativa Cinturão e Rota foi apresentado em um fórum de documentários que aconteceu em Pequim na última semana. Chamado de BriDoc (BRI é a sigla em inglês da Iniciativa Cinturão e Rota), o consórcio é um mecanismo de cooperação internacional para documentários.

A cooperação se concentrará no intercâmbio integrado de documentários entre esses países e na pesquisa de políticas, padrões, investimentos, treinamento de pessoal e avaliação de projetos. Os primeiros 59 membros do consórcio incluem laboratórios de ideias, organizações de produção e transmissão e plataformas de exibição de documentários nacionais e estrangeiros.

Jiang Jianguo, vice-chefe do Departamento de Publicidade do Comitê Central do Partido Comunista da China, pediu em discurso na abertura do fórum que a indústria de documentários registre o desenvolvimento da China e suas relações com o mundo sob diferentes perspectivas.


China quer transformar Hengqin em ilha turística internacional

abril 8, 2019 5:10 pm Published by Leave your thoughts

A China divulgou que tem o objetivo de desenvolver o distrito de Hengqin, na província de Guangdong, para transformá-lo em uma ilha turística internacional, para fazer mais progressos na integração da Grande Área da Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. O Conselho de Estado aprovou, a princípio, a proposta para tal transformação, segundo um comunicado publicado em seu site.

Hengqin, localizado em uma ilha, fica ao lado de Macau e espera-se que a região, que tem 106,46 km², se torne um destino turístico global com um sistema industrial moderno, um ecossistema ecológico e serviços inteligentes. Segundo a declaração, o desenvolvimento de Hengqin vai promover a diversificação econômica moderada de Macau de se tornará em uma zona de demonstração para a profunda integração de Guangdong, Hong Kong e Macau.

Em fevereiro de 2019, as autoridades chinesas anunciaram o plano de desenvolvimento para a Grande Área da Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, que busca transformar a região em uma área de alta qualidade para viver, trabalhar, receber cuidados médicos e viajar.


Como a China irá alcançar suas metas de alívio da pobreza?

abril 5, 2019 5:17 pm Published by Leave your thoughts

Membros do PCCh dirigem-se apos campos para ajudar a plantar kumquats na vila de Hele, do condado de Rong’an, cidade de Liuzhou, na Região Autônoma da Etnia Zhuang de Guangxi

Desde que a China anunciou sua meta de erradicar a pobreza em todos os cantos do país, o presidente Xi Jinping vem enfatizando que se dediquem esforços para resolver os problemas concretos, e que os resultados sejam relatados com precisão. Xi destacou que apenas desse modo os esforços ganham de fato o reconhecimento público e resistem ao teste de tempo. Xi analisou a questão do ponto de vista de assegurar plena e estrita governança sobre o Partido e modernizar o sistema do país e a capacidade de governar e reduzir a pobreza.

Em outubro de 2017, no 19º Congresso Nacional do PCCh, Xi extraiu a conclusão-chave de que a China fez um progresso decisivo no combate à pobreza, e também enfatizou que o alívio da pobreza deve ser colocado como um objetivo claro, e enfrentado com medidas efetivas. E, fevereiro de 2018, num giro de supervisão, Xi foi até a Prefeitura Autônoma da Etnia Yi de Liangshan, na província de Sichuan, que há muito tempo era afetada pela extrema pobreza. Logo depois, presidiu um seminário em Chengdu sobre a meta de alívio da pobreza, traçando um mapa para os próximos três anos, e exigindo que a redução da pobreza fosse definida como meta, com foco preferencial, respeito às leis e sujeita a supervisão rigorosa. Quanto a áreas e pessoas em necessidade mais premente, Xi disse que nenhuma aldeia ou cidadão em extrema pobreza poderia ficar desatendido.

Os discursos de Xi e suas instruções sobre o alívio da pobreza refletem uma parte importante do pensamento do presidente sobre a questão. São como um guia para aqueles que ajudam a combater a pobreza na linha de frente.

Em junho de 2018, o Comitê Central do PCCh e o Conselho de Estado expediram instruções sobre como eliminar a pobreza nos próximos três anos. Tais instruções visam forjar um projeto de alto nível de alívio da pobreza, com medidas detalhadas, e ao mesmo tempo consideram que a chave é sempre a implementação, que pode ser resumida nas “quatro adesões”, nas três transformações” e nos “dois sistemas”.

As “quatro adesões” são um pré-requisito. Primeiro, deve haver adesão às metas e aos critérios vigentes, A China definiu a meta de tirar todas as pessoas da pobreza até 2020, assegurando-lhes acesso a comida e vestuário adequados, educação obrigatória e habitação. Isso é formulado em harmonia com as condições nacionais.

Em segundo lugar, devem ser tomadas medidas concretas para o alívio da pobreza. Xi Jinping reivindicou que as políticas e programas relevantes sejam ajustados às necessidades das famílias individuais, em conjunção com os fundos previstos e o apoio de especialistas, e que isso seja feito com um esforço orientado a resultados. Em vista disso, foram definidas várias medidas para ajudar os pobres da área rural – por exemplo, desenvolver a produção local e a educação, relocar aldeões que vivam em áreas geologicamente perigosas, estabelecer um mecanismo para a compensação ecológica e garantir um padrão de vida básico para as pessoas impossibilitadas de trabalhar. Tais medidas estão em sintonia com as condições locais e podem ajudar na prática aqueles que precisam.

Em terceiro lugar, é preciso aderir a um mecanismo, liderado pelo governo central, em que chefes dos comitês do Partido e dos governos, em cada nível, assumam a responsabilidade geral, e as cidades e os condados implementem medidas factíveis. As responsabilidades de cada um devem estar claramente definidas, e suas ações têm que ser decisivas e efetivas.

Em quarto lugar, é preciso juntar os esforços de todos os setores da sociedade. A colaboração para a redução da pobreza entre as regiões ocidental e oriental da China deve ser fortalecida; sem dúvida, o alívio à pobreza deve ser realizado por instituições governamentais; pessoas de diferentes setores da sociedade, incluindo o governo e o mercado, devem ser mobilizadas num trabalho conjunto para essa missão. Além disso, devem ser criados fundos especiais para a redução da pobreza em diferentes setores.

Plantador de dendrobium seco (uma espécie imensa de orquídea) numa unidade de plantio na Vila de Xinqi, condado de Zhijin, província de Guizhou

As três transformações são ações-chave. Primeiro, as regiões afetadas por extrema pobreza devem ser a prioridade máxima. O governo irá prover assistência dirigida, como maior número de políticas de favorecimento, a áreas de extrema pobreza.

Em segundo lugar, os resultados dos esforços para alívio da pobreza, especialmente no longo prazo, devem ter prioridade. Portanto, é importante ajudar a estabelecer um sólido alicerce para que os pobres gradualmente se livrem da pobreza e não voltem mais a ela. Portanto, os esforços devem resistir ao teste do tempo e da aplicação prática.

Em terceiro lugar, o sistema previdenciário precisa ser melhorado para que de fato venha a ajudar os pobres. Antes a atenção estava em desenvolver recursos naturais e setores locais como a principal medida para aliviar a pobreza. Agora, um sistema de segurança social aprimorado, tendo como alvo os mais pobres em diferentes condições, foi acrescentado. Espera-se que a combinação entre esses dois aspectos ajude a tornar mais efetiva a redução da pobreza.

Dois sistemas: garantias para alcançar a meta. Primeiro, há um sistema mais aprimorado de implementação de medidas voltadas para o alívio da pobreza. Registros de todos os lares empobrecidos precisam ser mantidos, a fim de assegurar que todos que se enquadram nessa condição estejam incluídos, e os demais fiquem de fora. Além disso, o compartilhamento e análise de dados são importantes como pré-requisitos para tomadas de decisões macroscópicas.

Quanto aos funcionários do governo deslocados e às equipes de trabalho nas aldeias, devem ser obedecidos critérios rigorosos na seleção, especialmente para os líderes do comitê do Partido alocados nas comunidades. A seleção e gerenciamento dos funcionários do governo, a adoção de um estilo de trabalho correto e o apoio precisam ser corrigidos antes que consigam render plenamente os frutos que se espera.

Quanto à implementação das medidas previstas de alívio da pobreza, as acima mencionadas devem ser tradadas como as principais. Por exemplo, desenvolver os setores competitivos para criar empregos ajuda a mobilizar os aldeões pobres para que treinem as próprias habilidades, o que é bem melhor do que vê-los passivamente aguardando a alocação de fundos e materiais.

É preciso também aplicar padrões e procedimentos rigorosos para avaliar se as pessoas estão sendo de fato tiradas da pobreza. Embora muitos condados, vilas e populações estejam saindo da linha de pobreza, os esforços para aliviá-la não podem ser interrompidos, a fim de garantir que o sucesso obtido seja mantido.

Em seguida, vem um sistema aprimorado de avaliação e supervisão. A partir de 2018, para condados que anunciaram sua saída da lista nacional de condados empobrecidos, a avaliação será gerenciada pelas próprias províncias e haverá inspeções aleatórias a cargo de fiscais do governo central. Quanto à avaliação por terceiros, os procedimentos precisam ser simplificados, de modo a destacar os resultados.

Além disso, o Partido e os líderes do governo que fizerem um trabalho abaixo do esperado serão responsabilizados, e haverá conversas regulares com supervisores. Quanto aos problemas detectados durante a avaliação e supervisão, suas causas serão analisadas para facilitar o estabelecimento de um mecanismo de longo prazo.

Igualmente importante é ajudar os pobres com políticas de apoio e treinamento ocupacional. Ao mesmo tempo, a prevenção de riscos decorrentes de missões não cumpridas, de dívidas e de problemas socioeconômicos, são também pontos importantes na agenda. Se esses passos forem tomados, o restante da população poderá também ser resgatado dos bolsões de pobreza e alimentar a esperança de uma vida melhor.


Meia Maratona de Pequim bate recorde de inscrições

abril 5, 2019 2:30 pm Published by Leave your thoughts

A Meia Maratona de Pequim de 2019 bateu recorde de inscrições, com 58.392 inscritos vindos de 40 países e regiões. Os corredores que que conseguirem obter resultados que atendem aos padrões exigidos de classificação na Meia Maratona, serão elegíveis para participar da Maratona de Pequim 2019.

Com mais de seis décadas de história, a Meia Maratona de Pequim é um evento para todos, por dois anos seguidos, foi nomeado top evento pela Associação Chinesa de Atletismo desde 2016. Segundo Chen Jie, vice-diretor de Departamento Municipal de Esportes de Pequim, o número de corredores cresceu de cerca de 1.450 para mais de 20.000, se tornando um evento de influência global. A realização da Meia Maratona está alinhada com a promoção dos esportes de massa na China.

“Tal evento testemunha o desenvolvimento e progresso social da capital chinesa, reflete a imagem de Pequim como uma cidade aberta, segura, verde e harmoniosa, e encoraja o povo a participar de práticas esportivas”, afirmou Chen. A Meia Maratona de Pequim de 2019 acontecerá no dia 14 de abril, começando às 7h na Praça de Tiananmen e terminando na Praça da Celebração, na área central da Avenida Paisagística, no Parque Olímpico de Pequim.


Xangai sediará Fórum Internacional da Inovação Varejista da China em abril

abril 5, 2019 1:00 pm Published by Leave your thoughts

O Fórum Internacional da Inovação Varejista da China será realizado em Xangai entre os dias 10 e 12 de abril. O evento, que contará com organizações do setor de varejo de 20 países, assim como executivos das operadoras de cadeias de lojas chinesas e do exterior, terá como tema “O Varejo Retorna à Essência, a Tecnologia Lidera o Futuro” e tentará explorar tecnologias e modelos de negócio inovadores no setor.

Desde 2018, os varejistas da China têm enfrentado incertezas crescentes, que são resultado da redução das lojas físicas e da desaceleração no crescimento das vendas online. A Associação de Franquias e Cadeias de Lojas da China (CCFA), que é copatrocinadora do evento, disse que ao mesmo tempo, oportunidades vêm surgindo por meio das tecnologias atualizadas, digitalização e modelos de negócios inovadores, como o comércio eletrônico social e compras coletivas em grupo.

Os participantes do evento exibirão tecnologias de varejo avançadas, compartilharão modelos de negócios bem-sucedidos e explorarão melhor a prática na digitalização, segundo o texto. Uma grande variedade de tópicos será coberta no fórum, como a computação em nuvem, a inteligência artificial, o varejo inteligente e a tendência de consumidores.


Governo do Estado de São Paulo vai inaugurar escritório em Xangai

abril 5, 2019 11:40 am Published by Leave your thoughts

O governo do Estado de São Paulo anunciou que inaugurará um escritório de comércio em Xangai, na China. O governador do estado, João Dória, fez o comunicado após um encontro com Yang Wanming, embaixador chinês no Brasil, entre outros funcionários diplomáticos. O objetivo do escritório é promover o comércio, investimento e cooperação bilaterais em diversas áreas, incluindo educação, inovação e tecnologia.

“Xangai é o centro de negócios da China”, explicou o governador. “Nós já estabelecemos acordos de cooperação que serão assinados em agosto na China nos seguintes domínios: negócios agrícolas, tecnologia, infraestrutura, logística e transporte, saúde, desenvolvimento econômico, energia e turismo”. Dória anda disse que pretende apresentar os planos de privatização de São Paulo em áreas como ferrovias, rodovias, portos e aeroportos.

São Paulo já conta com 11 acordos de cooperação com a China, sendo a maioria deles nas áreas e investimento, agricultura e esportes. O escritório em Xangai será o primeiro posto avançado do Estado no exterior. “Nós já possuímos um laço forte e confiável com nossos parceiros chineses. Queremos fortalecê-lo tanto economicamente como institucionalmente, em muitas áreas”, afirmou Julio Serson, secretário de Relações Internacionais de São Paulo. Ele ainda disse que sua missão é “explorar oportunidades de negócios” e “construir laços” entre os dois lados.


Pesquisadores chineses replicam roupa de seda mais leve do mundo

abril 5, 2019 10:20 am Published by Leave your thoughts

Pesquisadores chineses conseguiram replicar a roupa de seda antiga mais leve do mundo, que pesa apenas 49g e tem mais de 2 mil anos, pelo que afirmou o Museu Provincial de Hunan, que a guarda em seu acervo. Os dois artigos de vestuários antigos que, pesando menos de 50g cada, são considerados as roupas de seda mais leves do mundo foram desenterrados em uma tumba da Dinastia de Han Ocidental (202 a.C.- 8 d.C.), situada na província de Hunan.

Uma equipe conjunta contendo membros do museu e do Instituto Yunjin de Nanquim conseguiu criar uma cópia de 49g que contém todos os detalhes de cores. “Bichos-da-seda ficam mais gordos hoje do que na Dinastia de Han Ocidental e produzem seda muito mais pesada”, afirmou Yang Jiyuan, especialista do instituto de Nanquim. “As máquinas usadas para tecer também mudaram muito”.

Para criar a réplica, a equipe descobriu uma variedade especial do bicho-da-seda que é capaz de produzir seda mais leve, e desenvolveu máquinas de tecelagem que se assemelham à antigas. A réplica deverá substituir a roupa de seda original, sendo exibida no Museu Provincial de Hunan.


China promoverá futebol em jardins de infância

abril 5, 2019 9:00 am Published by Leave your thoughts

A China irá ensaiar uma iniciativa de jardins de infância com foco no futebol neste ano de 2019. De acordo com uma diretriz publicada pelo Ministério da Educação, a iniciativa contará com a participação de entre 50 e 200 centros de cada região de nível provincial do país.

A medida faz parte dos esforços do país para popularizar o futebol nos recintos, incentivar as creches a organizar atividades generalizadas de futebol para as crianças e estimular o seu desenvolvimento integral. O objetivo do programa piloto é cultivar o interesse das crianças nesse esporte por meio de jogos populares, além de criar um ambiente favorável para o desenvolvimento da cultura do futebol, segundo a diretriz.

Diversas atividades físicas projetadas especialmente para as crianças serão realizadas nos centros, onde elas irão correr, saltar, lançar e devolver bolas para desenvolver as suas habilidades esportivas básicas. O ministério adverte que os jardins de infância deverão dar prioridade máxima à segurança e saúde das crianças.