Autor: Administrador

Dois projetos de irrigação milenares chineses viram Patrimônio Mundial

setembro 7, 2019 3:19 pm Published by Leave your thoughts

A Comissão Internacional de Irrigação e Drenagem (ICID, na sigla em inglês) reconheceu dois projetos de irrigação milenares da China como Patrimônio Mundial de Estruturas de Irrigação, em uma conferência realizada em Bali, na Indonésia, de acordo com o Ministério dos Recursos Hídricos chinês. Dessa forma a China já conta com 19 projetos nessa lista.

Um desses projetos, o Hetao, tem cerca de 2 mil anos e desvia água do Rio Amarelo para irrigação de terras agrícolas na Planície Hetao, na Região Autônoma da Mongólia Interior. Já o Qianjinpi tem cerca de 1.200 anos e está localizado em Fuzhou, província de Jiangxi, e é um típico projeto fechado de conservação de água, com várias funções, como irrigação, transporte fluvial, drenagem e controle de enchentes no meio curso do rio Yang-Tsé.

Outros 17 projetos de irrigação, de outros seis países (Irã, Itália, Japão, Malásia, Sri Lanka e Estados Unidos) também receberam esse título neste ano. Esse título de Patrimônio Mundial, criado pela ICID em 2014, visa proteger e promover projetos de irrigação de valor histórico e sua experiência científica. Até agora, 91 projetos de irrigação antigos em todo o mundo foram listados.

A ICID foi fundada em 1950 e é uma organização internacional para impulsionar o intercâmbio científico e tecnológico em irrigação, drenagem e controle de inundações. Gao Zhanyi, presidente honorário da ICID e especialista do Instituto de Recursos Hídricos e Pesquisa Hidrelétrica da China, disse que a herança de projetos de irrigação na China não apenas envolve seus benefícios tecnológicos, mas também a memória cultural da nação chinesa, mostrando o patrimônio cultural e o espírito científico e tecnológico.


China já tem 39 satélites de navegação BeiDou em órbita

setembro 6, 2019 5:20 pm Published by Leave your thoughts

O Sistema de Satélites de Navegação BeiDou (BDS) da China, uma rede mundial de posicionamento, já está com 39 satélites em órbita e deve ser completado até 2020, de acordo com informações divulgadas pelas autoridades responsáveis.

Atualmente o BDS, construído e operado pela China de forma independente, fornece oficialmente e em nível mundial serviços de RNSS (Sistema de Satélite de Navegação por Rádio), com um total de 39 satélites em órbita, pelo que disse Yang Jun, vice-diretor do Escritório de Administração para o Sistema de Navegação por Satélite da China, em uma conferência em Xangai sobre a inovação de tecnologia aeroespacial.

A China planeja enviar cinco a sete satélites BDS ao espaço este ano e de dois a quatro em 2020, o que ajudará a completar a rede mundial do sistema. Segundo Yang, o BDS sempre teve a inovação e desenvolvimento como as forças motrizes para sua construção, melhorando constantemente a exatidão do posicionamento e fornecendo novas funções de comunicação com mensagens curtas, resgate internacional e serviço de aumento baseado em satélites.

Os serviços de navegação com base no BDS também estão mudando a vida das pessoas, sendo aplicados no comércio eletrônico, manufatura de terminais inteligentes móveis e posicionamento. A China está promovendo sua integração a serviços mundiais de navegação com o BDS, compatível com o GPS e o GLONASS, através da participação em organizações internacionais como a Organização da Aviação Civil Internacional e a Organização Marítima Internacional. Yang disse ainda que no futuro, o BDS também será mais integrado com a internet, a Internet das Coisas, 5G e big data.


Países do BRICS fortalecerão colaboração em tecnologia

setembro 6, 2019 4:00 pm Published by Leave your thoughts

Os países do BRICS estão intensificando a transferência e transformação tecnológicas, segundo o que foi dito numa conferência realizada nessa semana pelo Centro de Transferência de Tecnologia da entidade em Kunming, capital da província de Yunnan. O evento contou com a participação de especialistas em inovação e transferência tecnológicas dos países do BRICS e do Sul da Ásia e Sudeste Asiático, assim como acadêmicos de campos-chave como biomedicina, energia limpa, agricultura moderna e economia digital.

Representantes de empresas, universidades e institutos de pesquisa de 11 países e regiões, incluindo os membros do BRICS, participaram de discussões sobre a busca de uma cooperação internacional mais próxima em tecnologia. Durante o evento, também foi lançado um sistema de exibição e negociação para a transferência tecnológica internacional, e foi realizado um fórum de alto nível.

De acordo com o presidente da Associação Chinesa para Cooperação Internacional em Ciência e Tecnologia, Yao Weike, 18% do PIB global e 17% dos gastos com pesquisa e desenvolvimento vêm dos países do BRICS, respondendo por 42% da população mundial. O Centro de Transferência de Tecnologia do BRICS foi criado em Kunming em 2018, para promover a transformação industrial de inovações avançadas.


Novo filme de Ang Lee estreará nas telas chinesas em outubro

setembro 6, 2019 12:39 pm Published by 1 Comment

O diretor, Ang Lee, ao lado de Will Smith, que interpreta o protagonista de “Gemini Man”

“Gemini Man”, o próximo filme de ficção científica do diretor chinês Ang Lee, irá estrear nos cinemas da parte continental da China no dia 18 de outubro, segundo o que divulgado na conta oficial do filme no Weibo. A estreia mundial de “Gemini Man” deverá acontecer no início de outubro, sendo que nos Estados Unidos o filme será lançado em 11 de outubro.

Will Smith interpreta Henry Brogan, protagonista da trama. Brogan é um assassino de elite que repentinamente passa a ser perseguido por um jovem clone dele mesmo, que é capaz de antecipar todos os seus movimentos.

Ang Lee já ganhou da Academia o Oscar de Melhor Diretor duas vezes, uma em 2006, com “O Segredo de Brokeback Mountain”, e outra em 2013, com “As Aventuras de Pi”.


Gigante de cruzeiros lançará navio almirante na China

setembro 6, 2019 11:36 am Published by Leave your thoughts

A MSC Cruises, uma das maiores empresas de cruzeiros privados do mundo, que tem sede na Suíça, anunciou que o seu novo navio almirante, o MSC Bellissima, inaugurará a sua primeira viagem na China em junho de 2020. O navio, que pesa 171.598 ton, tem 316 m de comprimento e uma capacidade máxima de 5.686 passageiros, vai se tornar o maior navio de cruzeiro instalado na Ásia quando chegar ao continente.

O MSC Bellissima irá zarpar de Dubai em março de 2020, antes de chegar ao porto de Shenzhen, no sul da China, em abril, com cerca de 5 mil clientes a bordo. O navio entrará em serviço entre os portos de origem de Xangai, Tianjin, Qingdao e Shenzhen, começando a sua primeira viagem em Xangai no dia 17 de junho de 2020 e realizando um total de 35 viagens no próximo ano, segundo informações da MCS Cruises.

“Esperamos que possamos trazer aos consumidores chineses nossos serviços de alta qualidade e nossas experiências comprovadas no mercado internacional. A instalação do MSC Bellissima é mais uma prova do nosso compromisso de longo prazo com a China e o setor de cruzeiros chinês”, declarou Achille Staiano, vice-presidente de vendas globais da MSC Cruises.

Huang Ruiling, presidente da MSC Cruises China, disse que o mercado turístico de cruzeiros da China continuará em expansão, à medida que o povo chinês está gastando mais em consumo modernizado.


Densidade de PM2,5 atinge baixa recorde

setembro 6, 2019 10:34 am Published by Leave your thoughts

O Departamento Municipal de Ambiente Ecológico de Pequim anunciou na última terça-feira (3) a densidade média de PM2,5, um poluente do ar, na cidade no mês de agosto foi de 23 µg/m³, tendo atingido o recorde de densidade média mais baixa desde que a medição é feita. Entre os meses de janeiro e agosto a cidade também atingiu uma densidade média baixa recorde de PM2,5 do mesmo período, de apenas 42 µg/m³, segundo o departamento.

A capital chinesa teve 227 dias de boa qualidade do ar em 2018, 51 dias a mais que em 2013, de acordo com Yu Jianhua, vice chefe do departamento. Ele ainda acrescentou que a densidade de outros poluentes do ar, incluindo dióxido de enxofre, também atingiu seu nível mais baixo. O consumo de carvão da cidade caiu 87% até o final de 2018 comparando com seu pico em 2005.


Comércio entre a China e o Chile tem crescimento

setembro 6, 2019 9:31 am Published by Leave your thoughts

O comércio bilateral entre a China e o Chile tem crescido com fluidez durante os últimos anos, pelo que foi dito na 5ª Semana do Chile, que aconteceu em Xangai. Durante o evento, foi especificado que ambos os países têm amplo espaço para cooperação futura, tanto em termos de profundidade como de alcance.

As vendas de cerejas, mirtilos, abacates e uvas do Chile continuam crescendo em Xangai, uma vez que essas frutas são muito populares entre os consumidores chineses, disse Wang Wei, gerente-geral da empresa de comércio internacional Shanghai Huizhan. Atualmente o Chile é uma das maiores fontes de importação de frutas frescas da China.

As exportações chilenas de frutas para o país asiático cresceram cem vezes desde 2006, chegando a US$ 1,4 bilhão em 2018. De acordo com os organizadores do evento, no ano passado, 20% das frutas importadas pela China vieram do Chile. As exportações totais de alimentos do Chile para a China registraram um aumento de 48,8% ao ano, tendo chegado em US$ 2,4 bilhões em 2018.

Enquanto isso, o volume do comércio bilateral atingiu US$ 42,9 bilhões em 2018, um aumento de 345% em relação a 2006, quando entrou em vigor um acordo de livre comércio entre os dois países. Ao mesmo tempo, o investimento de empresas chinesas nas indústrias de energia, mineração, alimentos, serviços e outras indústrias do Chile aumentou mais de cinco vezes entre 2016 e 2018.


The Wandering Earth ganha versão para crianças

setembro 6, 2019 8:23 am Published by Leave your thoughts

“The Wandering Earth”, o conto que inspirou o blockbuster chinês de mesmo título lançado no início desse ano, já está disponível em livrarias de toda a China em uma versão para crianças. A publicação faz parte de cinco novos livros que foram lançados recentemente, sendo o segundo volume de uma série de ficção científica para crianças do autor vencedor do Prêmio Hugo, Liu Cixin.

A série é uma compilação das ficções científicas mais populares selecionadas e adaptadas por Liu para garantir que os enredos sejam adequados para os jovens leitores. De acordo com a Guangxi Normal University Press Group, editora da série, a vendagem do primeiro volume, desde sua publicação em 2016, foi de 800 mil cópias.

O filme “The Wandering Earth” arrecadou 4,66 bilhões de yuans (US$ 650 milhões), sendo o terceiro longa chinês de maior bilheteria da história do país. Ambientado no futuro, o filme mostra a audaciosa tentativa da humanidade de salvar a Terra, ameaçada por um Sol moribundo e inchado.


Tecnologia 5G impulsionará economia digital

setembro 5, 2019 1:28 pm Published by Leave your thoughts

A tecnologia 5G deverá ajudar a impulsionar um crescimento de 15,2 trilhões de yuans (US$ 2,1 trilhões) na economia digital da China de 2020 a 2025, segundo Wang Zhiqin, vice-diretor da Academia Chinesa de Indústria e Tecnologia da Informação, subordinada ao Ministério da Indústria e Informatização. Os comentários foram feitos na Conferência Mundial de Inteligência Artificial 2019, que aconteceu em Xangai na última semana.

Wang disse que a tecnologia 5G ajudará a aumentar o valor agregado da indústria da informação da China em 3,3 trilhões de yuans nesses cinco anos. Ao mesmo tempo, ela contribuirá para um crescimento de 11,9 trilhões de yuans no valor agregado das indústrias de internet para veículos, manufatura e saúde.

A tecnologia 5G irá fornecer uma infraestrutura chave para o desenvolvimento da economia digital da China, e a combinação do 5G com a inteligência artificial, big data e outras tecnologias revolucionará o formato da economia digital, assinalou Wang.


Área da maior floresta tropical da China aumenta

setembro 4, 2019 3:00 pm Published by Leave your thoughts

A maior floresta tropical da China, localizada na ilha de Hainan, cresceu cerca de 200 mil hectares nos últimos 20 anos, devido à cooperação fortalecida e as campanhas antipobreza, que acabaram com o corte de madeira ilegal e as queimadas para caça. O departamento de silvicultura de Hainan relatou que a área de floresta tropical da província chegou a 659.300 hectares em 2018, e que a taxa de cobertura florestal na área protegida aumentou de menos de 90% para 98,16% nas últimas duas décadas.

A província de Hainan conta com a maior floresta nativa do país, onde habitam muitas espécies raras e em perigo de extinção, incluindo o gibão de Hainan, conhecida como a espécie de primata mais rara do mundo. Apesar disso, como fica longe da linha do equador, a floresta é mais vulnerável aos desastres naturais e aos provocados pela humanidade. No século XX, os cortes de árvores e as queimadas causaram severos danos ao ecossistema.

Na década de 1990, Hainan emitiu proibições integrais sobre o corte de madeira na área florestal, e o trabalho de reflorestamento massivo está associado com a recuperação do ambiente natural. Segundo funcionários, a preservação da floresta também foi beneficiada pela campanha de erradicação da pobreza local, que tem um modelo agrícola mais lucrativo e ecoamigável, além da apicultura nas áreas mais pobres para substituir a extração da madeira e a caça.

“Ajudamos os residentes locais a desenvolver novos cultivos como o de maracujá e de quiabo e capacitamos alguns agricultores como guardas florestais”, disse Wang Ce, funcionário da aldeia de Yinpo que em 2017 foi transferida para fora da Reserva Natural de Yingge.

No início deste ano, Hainan anunciou um plano para estabelecer um parque nacional tropical até 2020, colocando um sétimo das áreas terrestres da ilha sob uma proteção mais abrangente. “O estabelecimento do parque nacional tropical atrairá mais turistas, e esperamos que o turismo ecológico melhore a renda dos agricultores”, disse Wang.