Aumento de empregos gera preocupação sobre inflação nos EUA

Sistema de Reserva Federal terá novos desafios na economia do país

Ting Shen/Xinhua

O relatório de empregos de setembro nos Estados Unidos forneceu garantias de que o mercado de trabalho permanece forte e de que o Sistema de Reserva Federal terá que fazer mais para desacelerar a inflação, de acordo com a CNBC. O aumento de 263 mil em folhas de pagamento não agrícolas foi um pouco abaixo das expectativas dos analistas, representando o ganho mensal mais lento em quase um ano e meio.

Mas uma queda surpreendente na taxa de desemprego e outro aumento nos salários dos trabalhadores enviaram uma mensagem clara aos mercados de que mais crescimentos gigantescos nas taxas de juros estão a caminho.

“O baixo desemprego costumava ser tão bom. Todo mundo que parece querer um emprego está conseguindo um”, disse Ron Hetrick, economista sênior da Lightcast, provedora de dados da força de trabalho, ao veículo. “Mas estamos entrando em uma situação em que nossa baixa taxa de desemprego foi absolutamente um fator significativo de nossa inflação”.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.