Astrônomo chinês descobre a estrela rotativa mais rápida da Via Láctea

Velocidade de rotação é estimada em 540 km por segundo

Telescópio Espectroscópico de Fibra de Multi-Objeto da Grande Área do Céu, localizado em Xinglong, no norte da China.

Um astrônomo chinês descobriu a estrela rotativa mais rápida da Via Láctea. Ela está localizada a cerca de 30.000 anos-luz de distância do sol.

A estrela, chamada LAMOST J040643.69+542347.8, tem uma velocidade de rotação estimada em 540 km por segundo, cerca de 100 km por segundo mais rápida que a do recordista anterior, HD 191423.

Ao analisar o espectro desta estrela, Li Guangwei, pesquisador associado dos Observatórios Astronômicos Nacionais da Academia Chinesa de Ciências, descobriu que ela é uma estrela enorme de alta temperatura.

A descoberta aconteceu com base em dados do Telescópio Espectroscópico de Fibra de Multi-Objeto da Grande Área do Céu, localizado em Xinglong, no norte da China. Concluído em 2008, o telescópio iniciou pesquisas regulares em 2012 e pode observar cerca de 4.000 corpos celestes ao mesmo tempo. Ajudou cientistas chineses a estabelecer o maior banco de dados de espectros estelares do mundo.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.