Astronautas chineses se preparam para missão em estação espacial

Viajantes espaciais ficam de quatro a seis horas em tanques de água durante treinamento

O primeiro grupo de astronautas selecionados para a missão de construir a estação espacial da China está atualmente em treinamento para atividades extraveiculares (EVA). 

Segundo a Administração Espacial Nacional, estão previstas 11 viagens nos próximos dois anos para construir a estação chinesa, incluindo a montagem do módulo central, que será lançado ainda no primeiro semestre deste ano, duas cápsulas de laboratório, além de quatro naves tripuladas e quatro cargueiros

Wang Yaping, astronauta chinesa que passou 15 dias no espaço em junho de 2013, está se preparando para as missões. No Centro de Pesquisa e Treinamento de Astronautas da China em Pequim, ela vestiu trajes que pesam mais de 120 kg e entrou em um tanque de água com a ajuda de um braço mecânico.

A água é o melhor ambiente para simular a falta de peso no espaço e ajuda os viajantes espaciais a treinarem para EVAs, como caminhada e manutenção no espaço.

A sessão de Wang no maior tanque da Ásia durou mais de quatro horas. Ela teve ajuda de sete mergulhadores para completar suas tarefas, enquanto a equipe também monitorava os procedimentos em uma sala de controle.

Para simular uma atividade de cinco horas no espaço, um astronauta passa por 50 horas de treinamento subaquático na Terra, disse Wang Yanlei, funcionário do centro. Cada sessão dura de quatro a seis horas.

Ele também comentou que, por ser uma tarefa complicada ou com muitas manobras, o astronauta fica exausto e perde de 1 a 2 kg a cada preparação.

No último mês, a Agência Espacial Tripulada da China anunciou que o módulo central da estação espacial passou por uma revisão de fábrica. 

Já o foguete Longa Marcha-5B Y2, que vai lançar o módulo, está a caminho da Estação de Lançamento de Naves Espaciais Wenchang, na província de Hainan.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.