A distância parece vizinhança aos amigos

Já se passaram cinco meses desde que assumi o cargo de Cônsul-Geral da China no Rio de Janeiro. E, durante este período, conheci muitos amigos e colegas de várias

As Duas Sessões e a promoção do Estado de Direito na China

Quem olha para a China apenas como um país comprador ou exportador de mercadorias e investidor internacional está deixando de enxergar a parte mais dinâmica e fundamental do país: aquela que se dá não por entre as suas fronteiras, mas dentro de suas fronteiras.

Brics: rumo à multipolaridade e à governança global

Temos visto o mundo afastar-se da unipolaridade, adotar a bipolaridade e agora a multipolaridade. Os EUA não estão em declínio; no entanto, sua influência diminui conforme outros países como China e Índia emergem. A multipolaridade se reflete não apenas nas economias emergentes, mas também nas organizações formadas pelos Estados e por atores não estatais.

Construindo juntos um futuro melhor

Nos últimos dez anos, a cooperação entre os países do Brics aumentou de modo constante sob a orientação de seus líderes. As áreas focais são segurança política, economia e finanças, e intercâmbios entre pessoas e culturas, com progressos substanciais nessas áreas. 

Cara leitora, caro leitor

Carta do Editor – Edição Nº 14 – Ano 2 – Agosto/Setembro de 2017