Arqueólogos encontram louça de bronze de 5 mil anos na China

O objeto é considerado o mais antigo do seu tipo

Pesquisadores desenterraram restos de uma peça de bronze com mais de 5 mil anos em um sítio arqueológico na região de Sinquião, na China. A louça é considerada a mais antiga do seu tipo, afirmou Yu Jianjun, chefe da equipe de escavação do instituto regional de relíquias culturais e arqueologia.

Yu acredita que se trata de um objeto decorativo e conta que a descoberta é importante para o estudo da metalurgia na estepe euroasiática.

O sítio de Tongtiandong, encontrado em 2014, possui três cavernas principais e várias menores. Desde 2016, os pesquisadores já desenterraram aproximadamente 2.600 artefatos e restos de plantações e plantas, e cerca de 10 mil fósseis animais. 

O local também foi considerado uma das dez principais descobertas arqueológicas da China em 2017.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.