Após 3 meses, China tem novo surto de peste suína

A doença atingiu 1.015 porcos e matou 214

A China registrou, na última semana, os primeiros casos de peste suína africana após quase três meses. O surto aconteceu na província de Guangdong, no sul do país.

A doença dos porcos atingiu o rebanho chinês pela primeira vez em meados de 2018, matando milhões de animais. A indústria deu sinais de melhora no último ano, com um aumento de 31% no número de cabeças ano a ano, chegando a 406,5 milhões no final de 2020.

Segundo o Ministério da Agricultura, os novos casos da peste suína aconteceram em uma fazenda em Guangdong com 1.015 animais, matando 214. A pasta suspeita que o transporte ilegal de porcos tenha causado o surto.

A última epidemia registrada foi em outubro do ano passado, quando autoridades apreenderam um carro levando suínos ilegalmente. O último surto confirmado em uma fazenda foi há mais de sete meses, em junho, na província de Yunnan.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.