Aeronave de carga Tianzhou-3, da China, reentra na atmosfera sob controle

Equipamento transportou cerca de 6 toneladas de suprimentos à estação espacial do país

Créditos: Xinhua/Guo Zhongzheng

A aeronave de carga Tianzhou-3, da China, reentrou na atmosfera de maneira controlada às 11h31 (horário de Pequim) da quarta-feira, de acordo com a Agência Espacial Tripulada da China (CMSA).

A maioria dos componentes da aeronave queimou durante a reentrada, e uma pequena quantidade de seus detritos caiu nas águas seguras do Pacífico Sul, segundo a CMSA.

Lançada em 20 de setembro de 2021, a aeronave de carga Tianzhou-3 entregou cerca de 6 toneladas de suprimentos à estação espacial do país. Enquanto na órbita, a aeronave de carga realizou duas operações de encontro e atracação com a combinação do módulo principal de Tianhe e realizou um voo de teste circulando a estação espacial.

Após sua separação da combinação de Tianhe em 17 de julho, realizou testes de tecnologia espacial, acumulando experiência importante para a construção em órbita, e a operação e gerenciamento da estação espacial.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.