Acidentes de trânsito diminuem após China criminalizar condução sob efeito do álcool

País efetivou lei contra a prática em 2011

Os acidentes de trânsito relacionados com a ingestão de bebidas alcoólicas diminuíram em mais de 20 mil nos últimos 10 anos, desde que a China criminalizou a condução sob efeito de álcool em 2011.

O declínio é significativo, já que o número total de veículos a motor na China aumentou em 181 milhões e os motoristas cresceram em 259 milhões na última década.

Liu Yupeng, vice-chefe do departamento de gestão de trânsito do Ministério da Segurança Pública, divulgou os números na quarta-feira, e explicou como a criminalização da condução sob efeito do álcool levou a menores taxas de incidência desse tipo de comportamento.

Após a entrada em vigor da lei, os serviços de motorista de viagens curtas também cresceram na China, com o número de pedidos atingindo uma média anual de quase 200 milhões, mostraram dados.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.