Academia Chinesa de Ciências lança novo instituto de robótica

Com objetivo de agregar recursos de pesquisa em robótica e impulsionar o desenvolvimento de manufatura inteligente, o instituto fica na cidade de Shenyang

Um instituto de inovação em robótica e manufatura inteligente foi lançado pela Academia Chinesa de Ciências (ACC) na cidade de Shenyang, capital da província de Liaoning. De acordo com a academia, o novo instituto tem como objetivo agregar recursos de pesquisa em robótica para impulsionar o desenvolvimento de manufatura inteligente.

O chefe do novo instituto, Yu Haibin, que também é diretor do Instituto de Automação de Shanyang da ACC, relatou que o instituto irá se concentrar na pesquisa de novas tecnologias relacionadas à segurança nacional e pesquisa científica em águas profundas, bem como em robótica, o que ajudará a impulsionar a transformação e a atualização industrial. “Esperamos obter avanços decisivos em tecnologias-chave e criar um instituto de fama internacional no campo da robótica e manufatura inteligente no futuro”, afirmou.

A cidade possui mais de 40 empresas de robótica, sendo que 12 delas foram estabelecidas apenas em 2017, sendo que nesse ano, a indústria de robôs de Shenyang produziu 9 bilhões de yuans (US$ 1,3 bilhão), tendo 28,6% de crescimento em relação a 2016. A China é o maior mercado de robôs industriais do mundo, representando um terço da demanda mundial, segundo informações da Federação Internacional de Robótica. As vendas desse tipo de produto no país aumentaram nos últimos anos, tendo atingido, em 2017, um recorde de 141 mil unidades.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.