93% dos pais chineses dão celulares aos seus filhos

Pesquisa mostra que as crianças e adolescentes usam os celulares principalmente para realizar trabalhos de casa e acessar às mídias sociais

Uma pesquisa publicada pelo China Youth Daily mostra que mais de 93% dos pais chineses são celulares aos seus filhos para uso cotidiano. A proporção de proprietários desses aparelhos é mais alta entre os alunos do ensino médio, chegando a ultrapassar os 97%, segundo o jornal, que mostra que a menor taxa é entre as crianças do ensino fundamental do primeiro ao terceiro ano.

Baseada nas respostas de 1.939 pais de alunos do ensino fundamental e médio, a pesquisa ainda mostra que a taxa de propriedade é mais alta entre as crianças que vivem nas cidades e menor entre os estudantes rurais. Os celulares são usados principalmente para trabalhos de casa e mídias sociais entre essas crianças e adolescentes. Apesar disso, a pesquisa mostra que mais de 30% dos pais entrevistados disseram não ter conseguido orientar os seus filhos a usar os aparelhos racionalmente.

Sun Hongyan, pesquisador do Centro para Pesquisa de Jovens e Crianças da China, sugeriu que os pais devem dar o exemplo e não se viciar em seus telefones. Ele também disse ao jornal que os pais devem envolver seus filhos na definição de regras para o uso dos celulares, ensinando-os a identificar conteúdos saudáveis e aprendendo com eles sobre as novas tecnologias de mídia.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.