92% dos táxis de Shenzhen são elétricos

No final de 2018, a cidade substituiu quase 20 mil veículos movidos a combustíveis fósseis por modelos elétricos

A cidade de Shenzhen, na província de Guangdong, já tem uma frota de táxis que é majoritariamente elétrica, segundo as autoridades de tráfego do município. Isso acontece graças a uma iniciativa que substituiu a maior parte dos carros que eram movidos a combustíveis fósseis por veículos elétricos, com o objetivo de melhorar a qualidade do ar.

A comissão municipal de transporte informou que no final de 2018 quase 20 mil táxis puramente elétricos circulavam nas ruas de Shenzhen, o que corresponde a 92% do total da frota municipal. Em entrevista à Xinhua, eles disseram que os outros 8% estão envolvidos em litígios ou não tiveram seus proprietários encontrados, o que impossibilita a substituição dos carros.

Com essa nova frota elétrica de táxis, a cidade terá uma redução de 856 mil ton na emissão de carbono e 4,38 milhões de ton em outros poluentes (incluindo hidrocarbonetos e partículas) todos os anos, de acordo com a comissão. Em 2012, Shenzhen, ao lado de outras 12 cidades, foi designada pelo governo chinês a testar o uso de veículos de nova energia. Até o final de 2017 todos os seus ônibus públicos foram trocados por elétricos.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.